Milagre da Virgem de Guadalupe contra o aborto

No fim de uma Missa oferecida as crianças abortadas na Basílica de Guadalupe, um fotografo registrou um milagre na venerada túnica do índio Juan Diego onde está estampada milagrosamente a imagem da Virgem. Formou-se uma luz brilhante que formava um embrião.

No La Porte Latine, da F.S.S.P.X, onde registrado o fato escreve que um perito estudou o brilho do negativo e confirmou que não podia ser alterado de forma alguma. Descobriu que não vem de reflexo de maquinas fotográficas, mas sai do interior da imagem literalmente de cor muito branca, intensa e bem pura. Vem do addômen da Virgem de uma forma de embrião humano.

No México, o aborto foi legalizado recentemente.


MILAGRE NA BASÍLICA DE NOSSA SENHORA DE GUADALUPE

 

(Resumo do comunicado, de 1º de maio de 2007, do Dr.Jean-Pierre Dickès, presidente da Associação Católica de Enfermeiros e Médicos)

Em 24 de abril, 2007, logo depois da decisão do México de legalizar o aborto:

Após a Missa celebrada na Basílica pelas criancinhas não nascidas, abortadas, quando muitos fiéis fotografavam o quadro da Virgem de Guadalupe, diante do qual uma multidão de peregrinos desfilam num tapete rolante, a imagem de Nossa Senhora començou a se apagar, enquanto uma luz intensa emanava do seu ventre, constituindo um halo brilhante tendo a forma de um embrião. Essa luz provinha realmente do ventre da imagem da Santíssima Virgem Maria e não era um reflexo, nem um artefato.

 

A luz que aparece na imagem da Virgem

Foto mais focalizada na luz

 

 

 

O engenheiro Luis Girault, que examinou a imagem, confirmou a autenticidade do negativo e especificou que não foi nem modificado nem alterado. Ele revelou que a luz não provinha de nenhum reflexo, mas saia literalmente do interior da imagem da Virgem. A luz era muito branca, pura e intensa, muito diferente dos clarões fotográficos habituais, produzidos pelos flashes. Esta luz era envolvida por um halo com a forma de um embrião. Examinando ainda mais precisamente esta imagem, distingue-se no interior do halo certas zonas de sombra que são características de um embrião humano no seio materno .

" Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem" esta é a nossa fé católica !

Já João Batista estremeceu no seio de sua mãe para saudar o Seu Senhor. Nossa Senhora de Guadalupe vem em socorro dos embriões não nascidos – ignorados dos legisladores – lembrando assim o Evangelho de Lucas (1, 1) : « Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus » (Somente a Igreja poderá se pronunciar formalmente sobre este acontecimento.)

As fotos foram enviadas do México pelo Pe.Luis Matos, superior da Comunidade des Béatitudes e este é um resumo de sua mensagem.

 fonte: http://www.riodedeus.com/aconteceu.ht m