O fim do limbo? Pergunta

 

PERGUNTA

Nome:

Márcio

Enviada em:

02/05/2007

Local:

Juazeiro do Norte - CE, Brasil

Religião:

Católica

Escolaridade:

Superior em andamento


Prezado, o papa Bento XVI aceitou o que a junta de teólogos decidiu, para o fim do limbo. No vosso site falaste que ele existe e é provado na Sagrada Escritura. Agora o papa enterra esta doutrina. Isso depois de santos como Santo Agostinho, e São Tomás de Aquino doutores da Igreja terem se pronunciado. O que dizer desta atitude do papa Bento XVI, visto que Roma Locuta Causa Finita? Não tinha valor esta doutrina? Obedecer a Igreja que hora diz que o limbo existe ou a Igreja que agora diz não existir o limbo? Fomos enganados?

RESPOSTA

Muito prezado Márcio,
Salve Maria.


     Quem aceitou o que a tal Comissão Internacional de Teólogos disse foi a Mídia e não Bento XVI.

     Nosso Senhor Jesus Cristo não aceita o que disse a tal Comissão Teológica Internacional, que Cristo jamais fundou. Cristo não aceita a decisão da tal misteriosa Comissão porque Ele disse que para entrar no reino dos céus era preciso renascer pela água e pelo espírito. As crianças que morrem sem Batismo não podem imediatamente ir ao céu. Mas, é claro que Deus poderá ter um meio de as colocar em prova e salvá-las, caso elas se decidam por Deus. 
     O limbo é onde ficam as crianças que morreram sem Batismo, até que Deus as prove, dando-lhes também a graça de bem escolher entre o bem e o mal. 
     Se não há limbo, muitos iriam ao céu sem Batismo, o que contraria a palavra de Cristo. Esses que festejam o "fim" do Limbo, são os mesmo que não crêem no inferno.

     Essa descrença deles é o seu grande primeiro passo para chegar lá... No inferno.

     Rezemos pelos pobres pecadoree e incrédulos.
     Rezemos por essa tal Comissão Teológica Internacional, porque ela está precisando de muitas orações.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

 

Fonte: montfort.org.br