Quem realmente governa o mundo ?

 

            Muitos responderiam à pergunta acima com uma só palavra – Deus. Mas é significativo que em parte alguma a Bíblia afirma que Jesus Cristo ou seu Pai sejam os verdadeiros governantes deste mundo. Ao contrário, Jesus disse: “Será lançado fora o governante deste mundo.” E acrescentou: “O governante do mundo está chegando. E ele não tem nenhum poder sobre mim.” – João 12:31; 14:30; 16:11.

            Assim, o governante deste mundo está em oposição a Jesus. Quem será esse governante?

 

As Condições Mundiais Fornecem Uma Pista

 

            Apesar dos esforços de pessoas bem-intencionadas, o mundo tem sofrido terrivelmente no decorrer da História. Isto faz com que pessoas refletivas se perguntem, assim como o falecido editorialista David Lawrence: “’’’Paz na Terra’ – quase todo mundo deseja isso. ‘Boa vontade para com os homens’ – quase todos os povos do mundo nutrem tal sentimento de uns para com os outros. Então, o que há de errado? Por que se fazem ameaças de guerra apesar dos desejos inatos dos povos?”

            Parece um paradoxo, não parece? Ao passo que o desejo natural das pessoas é viver em paz, elas comumente se odeiam e matam umas às outras – e com tanta depravação! Considere as monstruosas crueldades cometidas a sangue frio. Os humanos têm usado câmaras de gás, campos de concentração, lança-chamas, bombas napalm e outros hediondos métodos para torturar e matar uns aos outros sem piedade.

            Crê que os humanos, que anseiam a paz e a felicidade, sejam capazes, por si mesmos, de cometer tão crassa perversidade contra outros? Que forças impulsionam ou manobram os homens a tais atos repulsivos, levando-os a situações que os fazem sentir-se compelidos a cometer atrocidades? Já se perguntou alguma vez se existe alguma força perversa, invisível, que influencia as pessoas a cometerem tais atos de violência?

 

Identificação Os Governantes Deste Mundo

 

            Não é preciso fazer conjecturas, pois a Bíblia mostra claramente que há alguém inteligente, invisível, controlando tanto homens como nações. Ela diz: “O mundo inteiro jaz no poder do iníquo.”  E a Bíblia o identifica, dizendo: “O chamado diabo e satanás... está desencaminhando toda a terra habitada”. – 1 João 5:19; Revelação (Apocalipse) 12:9.

            Certa ocasião, ao ser “tentado pelo diabo”, Jesus não contestou o papel de Satanás como governante desse mundo. A Bíblia explica o que aconteceu: “O diabo levou-o a um monte extraordinariamente alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles, e disse-lhe: “Todas estas coisas te darei, se te prostrares e me fizeres um ato de adoração.” Jesus disse-lhe então: “Vai-te, satanás!” – Mateu 4:1, 8:-10.

            Pense nisso, satanás tentou Jesus por oferecer-lhe “todos os reinos do mundo”. Mas, teria a oferta de satanás constituído uma genuína tentação se satanás não fosse realmente o governante daqueles reinos? Não, não teria. E note que Jesus não negou que todos aqueles governos do mundo pertencessem a satanás, o que certamente teria feito se satanás não tivesse poder sobre eles. Assim sendo, satanás, o diabo, é realmente o governante desse mundo! De fato, a Bíblia o chama de “o deus deste sistema de coisas”. (2 Coríntios 4:4) Mas, como foi que alguém tão perverso chegou a deter tão poderosa posição?

            Aquele que se tornou satanás fora um anjo criado por Deus, mas passou a invejar a posição de Deus. Ele desafiou o direito legítimo de Deus governar. Para isso usou uma serpente como porta-voz para enganar a primeira mulher, Eva, e conseguiu que ela e o marido, Adão, fizessem o que ele queria, em vez de obedecerem a Deus (Gênesis 3:1-6; 2 Coríntios 11:3) Ele alegrou também que seria de desviar de Deus todos os descendentes de Adão e Eva, que haviam de nascer. Assim, Deus concedeu tempo para que satanás tentasse provar sua afirmação, mas satanás não tem tido êxito. – Jô 1:6-12; 2:1-10.

            Significativamente, satanás não governa o mundo sozinho. Ele conseguiu persuadir alguns outros anjos a juntar-se a ele na rebelião contra Deus. Estes se tornaram demônios, seus cúmplices espirituais. A Bíblia fala deles ao exortar os cristãos: “Mantende-vos firmes contra as maquinações do diabo; porque temos uma pugna, não contra sangue e carne, mas contra os governantes mundiais desta escuridão, contra as forças espirituais iníquas nos lugares celestiais.” – Efésios 6:11, 12.

 

Resista aos Espíritos Iníquos

 

            Esses governantes mundiais invisíveis e iníquos estão decididos a desencaminhar toda a humanidade, desviando-a da adoração de Deus. Uma das maneiras em que os espíritos iníquos fazem isso é por promoverem a idéia de que há vida após a more, apesar de a Palavra de Deus indicar claramente que os mortos não estão cônscios de nada. (Gênese2:17; 3:19; Ezequiel 18:4; Salmo 146:3; Eclesiastes 9:5, 10). Assim, um espírito iníquo, imitando a voz do falecido, talvez fale com os parentes ou amigos vivos dele, quer através dum médium espírita, quer através duma “voz” procedente do domínio invisível. A “voz” finge ser o falecido,, mas é na verdade um demônio!

            Portanto, se algum dia ouvir uma “voz” assim, não se deixe enganar. Rejeite o que quer que esta diga, repita as palavras de Jesus: “Vai-te, Satanás!” (Mateus 4:10; Tiago 4:7). Não permita que a curiosidade sobre o domínio espiritual o faça envolver-se com espíritos iníquos. Tal envolvimento chama-se espiritismo, e Deus adverte seus adoradores contra todas as formas deste. A Bíblia condena “alguém que empregue adivinhação... ou alguém que vá consultar um médium espírita, ou um prognosticador profissional de eventos, ou alguém que consulte os mortos”. – Deuteronômio 18:10-12; Gálatas 5:19-21; Revelação 21:8.

            Visto que o espiritismo coloca a pessoa sob a influencia dos demônios, resista a todas as suas práticas, não importa quão divertidas ou excitantes pareçam. Tais práticas incluem o uso da bola de cristal e de pranchetas Ouija, a PES (percepção extra-sensorial), o exame das linhas da palma da mão (quiromancia) e a astrologia. Os demônios também têm causado barulhos e outros fenômenos físicos em casas que eles tornam seu território.

            Além disso, os espíritos iníquos se aproveitam da tendência pecaminosa dos humanos, promovendo literatura, filmes e programas de televisão que destacam o comportamento sexual imoral e desnatural. Os demônios sabem que os pensamentos errôneos, quando não são expulsos da mente, deixam impressões permanentes e levam os humanos a comportar-se de modo imoral – assim como os próprios demônios. – Gênesis 6:1, 2; 1 Tessalonicenses 4:3-8; Judas 6.

            É verdade que muitos zombam da idéia de que este mundo é governando por espíritos iníquos. Mas tal descrença não nos deve surpreender, visto que a Bíblia diz: “O próprio satanás persiste em transformar-se em anjo de luz” (2 Coríntios 11:14). Sua mais astuta impostura tem sido a de cegar muitos ao fato de que ele e seus demônios realmente existem. Mas não seja enganado! O diabo e seus demônios são reais, e você precisa resistir continuamente a eles. – 1 Pedro 5:8, 9.

            Felizmente, está próximo o dia em que satanás e seu bando deixarão de existir! “ O mundo [inclusive seus governantes demoníacos] está passando”, assegura a Bíblia, “mas aquele que faz a Vontade De Deus permanece para sempre”. (1 João 2:17). Que alívio será quando essa influência maligna for removida! Estejamos, portanto, entre àqueles que fazem a Vontade de Deus e que usufruirão a vida para sempre no novo mundo justo de Deus. – Salmo 37: 9-11, 29; 2 Pedro 3:13; Revelação 21:3, 4.